Comitê Agrícola Brasil-França poderá contribuir para acordo Mercosul-UE

8 June 2017

Representantes do governo brasileiro – entre eles, o secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Eumar Novacki – reuniram-se com especialistas do Ministério da Agricultura da França em 4 de junho. As partes decidiram criar o Comitê Especial Agrícola Permanente Brasil-França, que poderá contribuir para o acordo entre Mercado Comum do Sul (Mercosul) e União Europeia (UE).

 

O principal objetivo do Comitê é facilitar o comércio bilateral e favorecer relações mais harmoniosas com o novo governo de Emmanuel Macron. Segundo o MAPA, trata-se também de um passo importante para que se superem dificuldades nas negociações entre Mercosul e UE, uma vez que o Comitê criará um canal direto para a discussão de questões pertinentes ao setor. Segundo o secretário-executivo do MAPA, o perfil de Macron, considerado “mais conciliador”, pode contribuir para o diálogo. Na ocasião, os representantes dos dois países também discutiram as expectativas de avanço em matéria climática no âmbito do Acordo de Paris.

 

A UE encontra nos produtores rurais franceses sólida oposição ao avanço do acordo com o Mercosul. Em 2016, a França liderou um grupo de membros da UE que pressionou instituições do bloco contra o acordo, com base em possíveis impactos sobre a agricultura regional. Na ocasião, o comissário de agricultura da UE apontou que o Mercosul “deveria moderar suas expectativas tendo em vista o que é administrável e aceitável pela UE” (ver Boletim de Notícias Pontes).

 

Com o escândalo trazido à tona pela operação “Carne Fraca”, o setor agropecuário ganhou ainda mais atenção em vista das expectativas negativas criadas ao redor do acordo entre Mercosul e UE (ver Boletim de Notícias Pontes). Apesar disso, em visita ao Brasil em maio deste ano, o ministro de Economia e Finanças da França assegurou que o país não constituirá um entrave às negociações (ver Boletim de Notícias Pontes).

 

Ainda hoje existe um forte lobby por parte de associações de produtores rurais europeus contrários ao acordo. Um bom exemplo pode ser encontrado na Irish Farm Association(IFA), que, em inícios de junho, declarou que “padrões de controle devem ser o centro das discussões comerciais. A Comissão Europeia não pode continuar com as negociações com o Mercosul tendo como pano de fundo essas questões envolvendo o Brasil”.

 

Em vista desse contexto, durante a reunião em que se decidiu criar o Comitê Agrícola França-Brasil, o MAPA buscou “tratar pessoalmente” de dar detalhes sobre as iniciativas do governo brasileiro para assegurar a qualidade da carne brasileira. Recentemente, Novacki também esteve na Holanda para solucionar dúvidas relacionadas à operação “Carne Fraca”.

 

Reportagem Equipe Pontes

 

Fontes consultadas:

 

El País. França tenta barrar acordo comercial entre União Europeia e o Mercosul. (26/04/2016). Acesso em: 08/06/2017.

 

Eurocarne. Francia y Brasil inician una asociación estratégica en materia agropecuaria. (07/06/2017). Acesso em: 08/06/2017.

30 July 2007
Divulgação de relatórios e artigos Crescimento da América Latina e Caribe Em 26 de julho, a CEPAL publicou seu "Estudio económico de América Latina y el Caribe 2006-2007", que analisa o crescimento...
Share: 
30 July 2007
O pedido de consultas, datado de 11 de julho, é o primeiro passo do procedimento de solução de controvérsias na OMC. Muito semelhante a uma demanda apresentada pelo Canadá no início deste ano (DS 357...
Share: