Eleição de Bolsonaro para a Presidência do Brasil gera expectativas quanto à política externa

1 November 2018

Jair Bolsonaro foi eleito o novo presidente do Brasil, em resultado divulgado em 28 de outubro de 2018. O candidato pelo Partido Social Liberal (PSL) recebeu 55,13% dos votos totais, vencendo Fernando Haddad, candidato pelo Partido dos Trabalhadores (PT). Em seu primeiro discurso como presidente eleito, Bolsonaro destacou que buscará estimular “relações bilaterais com países que possam agregar valor econômico e tecnológico aos produtos brasileiros”.

 

Dias antes da realização do segundo turno das eleições presidenciais, o Centro Brasileiro de Relações Internacionais (CEBRI) lançou uma série de recomendações para os próximos quatro anos. As propostas contemplam as áreas de comércio internacional, infraestrutura, energia e relações com a China.

 

Entre as recomendações apresentadas pelo CEBRI, destacam-se: i) a necessidade de uma liberalização comercial voltada ao crescimento da produtividade do trabalho, à redução do custo Brasil e ao aumento das taxas de investimento; ii) a inclusão do país sul-americano na Nova Rota da Seda (OBOR, sigla em inglês) chinesa, com o fim de atrair investimentos em infraestrutura e reduzir o custo logístico das exportações brasileiras; iii) a necessidade de uma integração comercial pelas vias multilaterais e preferenciais para retirar o Brasil do isolamento comercial; e iv) o resgate do papel do Brasil na América Latina, acentuando parcerias estratégicas com a Argentina e o Mercado Comum do Sul (Mercosul) para negociar acordos comerciais com parceiros de dentro e fora da região.

 

Por parte do setor privado brasileiro, o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, comentou que o próximo governo tem o desafio incontornável de recolocar o Brasil no caminho do desenvolvimento econômico e social. Ademais, Braga de Andrade ressaltou a importância de que o novo governo não só mantenha, mas também fortaleça o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) para que sejam criadas políticas públicas apropriadas ao crescimento do setor industrial e para que o Brasil possa se recolocar no cenário internacional.

 

Logo após a confirmação do resultado final da eleição brasileira, Bolsonaro foi cumprimentado por diversos chefes de Estado. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, confirmou que irá trabalhar com Bolsonaro nas áreas de comércio e defesa para melhorar a vida das pessoas nos dois países. O presidente francês, Emmanuel Macron, declarou esperar que ambos os países mantenham a associação estratégica baseada em “valores comuns de respeito e promoção dos principios democráticos”. Ainda, o líder francês disse que espera colaborar com o Brasil em relação à diplomacia ambiental e aos compromissos do Acordo de Paris sobre o Clima.

 

Reportagem ICTSD

 

Fontes consultadas:

 

CEBRI. Por uma nova abertura da economia brasileira. Acesso em: 29/10/2018.

 

CNI. Um ministério à altura do setor industrial. (29/10/2018). Acesso em: (30/10/2018).

 

Estadão. Jair Bolsonaro é eleito presidente da República. (28/10/2018). Acesso em: 30/10/2018.

30 October 2018
Os ministros das Relações Exteriores de Canadá e Brasil, Chrystia Freeland e Aloysio Nunes, reuniram-se em 23 de outubro, em Ottawa (Canadá), com o objetivo de aprofundar a agenda bilateral em temas...
Share: 
11 November 2018
Manual de Cambridge sobre parcerias público-privadas, governança da propriedade intelectual e desenvolvimento sustentável ICTSD – setembro 2018 As parcerias público-privadas (PPPs) desempenham um...
Share: