Mercosul e UE continuam negociações com foco no setor automotivo

3 May 2018

O Mercado Comum do Sul (Mercosul) e a União Europeia (UE) finalizaram, em 27 de abril, em Bruxelas (Bélgica), uma nova rodada de negociações com vistas a concluir o tratado de livre de comércio entre os dois blocos. As delegações obtiveram poucos progressos nos temas sensíveis para ambos – como as exportações de carros europeus para o Mercosul e uma grande parte do capítulo agropecuário.

 

Segundo fontes do Mercosul, as tratativas foram encerradas de forma antecipada, uma vez que representantes da Argentina e do Uruguai abandonaram a mesa de negociação por considerarem que Brasil e UE não concordavam em decisões concretas para o setor automotivo. O Brasil – maior produtor de veículos do Mercosul – estaria defendendo uma proposta com conteúdo mínimo local e um período dentro do qual as tarifas de importação seriam reduzidas a zero.

 

Para Antonio Megale, presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (ANFAVEA), todo tratado de livre comércio deve conter uma regra de contéudo local e, no caso do Mercosul, essa taxa deveria girar em torno de 60% das peças que compõem os veículos. Megale defende que as negociações do setor automotivo com a UE devem ser feitas de forma paralela às discussões do programa governamental brasileiro Rota 2030 e do futuro do Flex, acordo automotivo entre Brasil e Argentina. Ele também ressaltou que o setor automotivo brasileiro possui grande interesse para que exista uma convergência entre as partes, mas que é preciso lembrar que o acordo não envolve apenas Brasil e UE, mas sim o Mercosul e o bloco europeu.

 

Algumas fontes europeias declararam que o início da pré-campanha eleitoral no Brasil pode prejudicar as tratativas, no sentido de pressionar para que haja menos concessões da parte brasileira.

 

Embora os temas agropecuários e automotivo tenham predominado nas últimas rodadas de negociações, há ainda a recusa da UE em aceitar uma maior abertura no que se refere às patentes farmacêuticas e à exclusividade em todas as denominações de origem dos produtos.

 

Diante desse cenário, as partes não decidiram data nem lugar para uma próxima rodada de negociações, mas preveem que esta aconteça em maio, em Assunção (Paraguai).

 

Reportagem ICTSD

 

Fontes consultadas:

 

Clarín. Freno en la negociación por el acuerdo entre la Unión Europea y el Mercosur. (28/04/2018). Acesso em: 30/04/2018.

 

Diário Comércio, Indústria & Serviços. Setor automotivo defende conteúdo local em acordo entre Mercosul e UE. (30/04/2018). Acesso em: 30/04/2018.

 

Folha de São de Paulo. UE e Mercosul encerram rodada de negociação com pouco progresso. (27/04/2018). Acesso em: 30/04/2018.

30 April 2018
OMC Para mais informações, clique aqui . 8 e 9 de maio Reunião do Conselho Geral Local: Genebra, Suíça 17 de maio Comitê de Participantes na Expansão do Comércio de Produtos sobre Tecnologia da...
Share: 
5 May 2018
Os presidentes de Brasil e Chile, Michel Temer e Sebastián Piñera, reuniram-se para assinar dois acordos que têm como objetivo o aprofundamento da integração bilateral em matéria de compras...
Share: