Ministros da Aliança do Pacífico definem agenda para aprofundar integração comercial

21 June 2018

Os ministros de Relações Exteriores e de Comércio Exterior dos países que integram a Aliança do Pacífico (Chile, Colômbia, México e Peru) reuniram-se em 14 e 15 de junho, na Cidade do México, na XIX Reunião do Conselho de Ministros da Aliança do Pacífico. Na reunião presidida pela Colômbia, país que ocupa a Presidência Pro Tempore do mecanismo de integração regional, os ministros abordaram, entre outros assuntos, o avanço das negociações com Austrália, Canadá, Cingapura e Nova Zelândia para sua incorporação como Estados Associados.

 

Durante o encontro, os trabalhos dos chanceleres e ministros de comércio exterior concentraram-se na revisão do progresso na integração da Visão Estratégica da Aliança do Pacífico até 2030 e nos preparativos para a XIII Cúpula do bloco, a ser realizada em Puerto Vallarta (México), em 23 e 24 de julho próximo. Os ministros também trabalharam na agenda a ser desenvolvida na Cúpula, que incluirá uma reunião do Conselho de Ministros da Aliança do Pacífico com os ministros de Comércio dos candidatos a Estados Associados.

 

Outros pontos que serão anunciados durante a XIII Cúpula são: o pedido da Colômbia para se unir ao Tratado Integral e Progressivo da Associação Transpacífica (CPTPP, sigla em inglês) e a assinatura do primeiro Acordo Multilateral de Reconhecimento Mútuo dos respectivos Programas de Operador Econômico Autorizado (OEA) de cada um dos membros da Aliança do Pacífico. Esse acordo tem o objetivo de reduzir custos e tempo de entrega de mercadoria dentro do bloco comercial.

 

Para Ildefonso Guajardo, secretário de Economia do México, os países da Aliança do Pacífico continuarão a fortalecer o livre comércio por meio da busca de novos parceiros comerciais e países associados.

 

Enquanto isso, Luis Videgaray, ministro de Relações Exteriores do México, informou sobre a aprovação das candidaturas de Bielorrússia, Emirados Árabes Unidos e Sérvia como Estados Observadores da Aliança do Pacífico, que agora soma 55 países nessa categoria. Videgaray mencionou também que o bloco havia recebido uma carta do Equador, manifestando o interesse em aprofundar suas relações comerciais com o bloco.

 

Paralelamente à reunião do Conselho de Ministros, realizou-se a XLIV reunião do Grupo de Alto Nível da Aliança do Pacífico, que envolveu os vice-ministros das Relações Exteriores e do Comércio Exterior dos quatro países membros. Na reunião, foram avaliados os progressos dos grupos de trabalhos técnicos do bloco e foram discutidas as datas para as próximas reuniões da Aliança do Pacífico, incluindo reuniões com outros agrupamentos regionais, como a União Europeia (UE).

 

Reportagem ICTSD

 

La Jornada. La Alianza del Pacífico seguirá promoviendo el libre comercio: SE. (15/06/2018). Acesso em: 19/06/2018.

 

Secretaría de Economía de México. Se reúne el Consejo de Ministros de la Alianza del Pacífico. (15/06/2018). Acesso em: 19/06/2018.

18 June 2018
Brasil e Chile realizaram, de 6 a 8 de junho, a primeira rodada de negociações para um acordo de livre comércio. As tratativas foram lançadas por ocasião da visita a Brasília (Brasil) do presidente...
Share: 
25 June 2018
Facilitação de investimentos: uma perspectiva prática ICTSD – maio 2018 Esta think piece oferece um panorama dos serviços proporcionados pelas agências de promoção de investimentos (IPAs, sigla em...
Share: